Localização Atual

Sob a liderança do presidente Lula e do ministro Carlos Fávaro, o Brasil liderou a exportação mundial em vários produtos
✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O agronegócio brasileiro registrou um recorde histórico nas exportações, totalizando US$ 166,55 bilhões em 2023. Esse valor supera em 4,8% o montante do ano anterior, com um acréscimo de US$ 7,68 bilhões. Segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o aumento deve-se, principalmente, ao volume de produtos embarcados.
Esses números representam 49% da totalidade das exportações brasileiras no ano, comparado a 47,5% em 2022. Roberto Perosa, secretário de Comércio e Relações Internacionais do Mapa, destacou que a abertura de 78 novos mercados e a expansão de exportações marcaram 2023 como um ano de virada histórica para o agronegócio brasileiro.
“O ano de 2023 marcou um ponto de virada histórico para o agro brasileiro, com grandes avanços em exportações e expansão de mercados, resultando em um recorde  nas vendas externas. Sob a liderança do presidente Lula e do ministro Carlos Fávaro, o Brasil abriu 78 novos mercados, fortaleceu laços e liderou a exportação mundial em vários produtos”, destaca. 
Em termos de volume, o Brasil exportou 193,02 milhões de toneladas de grãos, um aumento de 24,3% em relação a 2022. Esse volume corresponde a 60,3% da safra recorde de grãos 2022/23, estimada em 319,86 milhões de toneladas.
Além dos grãos, outros produtos com mais de US$ 1 bilhão em vendas externas também apresentaram crescimento, incluindo carnes (+5,4%), açúcar (+15,1%), sucos (+6,0%), frutas (+5,9%) e couros e seus produtos (+19,7%). Os principais setores exportadores foram o complexo da soja, o complexo sucroalcooleiro, cereais, farinhas e preparações e sucos.
Em dezembro de 2023, as exportações do agronegócio foram de US$ 13,51 bilhões, um crescimento de 20,9% em comparação com o mesmo mês do ano anterior. Produtos como soja em grãos, açúcar de cana, farelo de soja e carne bovina foram os principais contribuintes para esse aumento.
As exportações de soja em grãos atingiram 3,83 milhões de toneladas em dezembro, um aumento de 97,8% em relação ao ano anterior. O açúcar também teve um desempenho recorde para o mês de dezembro, com 3,85 milhões de toneladas exportadas, um aumento de 74,9%.
O ministério reforça o compromisso com a expansão sustentável do setor, incluindo a conversão de pastagens degradadas em áreas agricultáveis, visando dobrar a produção e contribuir significativamente para o desenvolvimento econômico e a oferta global de alimentos.
Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247
© 2024 Editora 247 – Todos os Direitos Reservados

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.