Localização Atual

Workshop Agro 360º acontece em Campo Mourão no dia 24/02; evento vai abordar os desafios para o agronegócio em 2024 – Foto – Aleksandar Little Wolf-Freepik
Quais são as tendências e perspectivas para o agronegócio em 2024? Como lidar com a queda de preço das commodities, os custos de produção, as margens apertadas, as questões climáticas, a carência de estruturas de armazenamento e de mão de obra qualificada?
Esses e outros temas serão debatidos por cerca de 40 agrônomos, convidados e empresas do segmento, que vão se reunir em Campo Mourão para o Workshop Agro 360º.
O encontro será no dia 24 de fevereiro (sábado), das 8h30 às 11h30, no Câmpus do Centro Universitário Integrado [Rua Lauro de Oliveira Souza, 440, Área Urbanizada II]. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelos telefones 44-99122-9524 / 3518-2500.
“Todos os profissionais do agronegócio precisam adquirir mais conhecimentos e ter informações atualizadas que os ajudem a tomar as melhores decisões; seja para orientar um produtor rural, melhorar processos, buscar inovações ou para fazer a gestão eficaz do plantio à comercialização”, explica Felipe Treitinger, engenheiro agrônomo, CEO e fundador da Cumbre; empresa que tem foco em capacitação profissional voltada ao agronegócio.
Agronegócio terá ano desafiador em 2024
Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a estimativa para a safra 2023/24 indica um volume de produção de 306,4 milhões de toneladas; 4,2% abaixo do obtido em 2022/23.
O índice é um desafio a mais aos profissionais do agronegócio – seja o engenheiro agrônomo, o gerente da cooperativa, o fornecedor de insumos e de crédito, aquele que atua ao lado do agricultor – pois todos serão impactados, de uma forma ou de outra, pelos efeitos do El Niño. A intempérie climática tem provocado reflexos no campo e nas lavouras como redução do vigor das sementes, abortamentos florais, tombamentos de plantas, antecipação de ciclos fenológicos e replantios.
Foto: Freepik
“Cada vez mais é necessário focar em gestão, inovação e estratégia. Será preciso investir em tecnologia, diversificar as culturas, contratar seguros agrícolas, melhorar a infraestrutura hídrica e de armazenamento, evitar a rotatividade de funcionários, entre outras ações. Por isso, 2024 será bastante desafiador a todos que atuam no agronegócio”, complementa Treitinger.
MBA inédito para o agronegócio
Para auxiliar os profissionais do segmento a enfrentar e superar esses desafios, o Centro Universitário Integrado – que tem nota máxima (5) nas avaliações do Ministério da Educação – criou o MBA Agro 360: Gestão, Inovação e Estratégia.
A especialização é inédita no país e 80% do corpo docente será composto por C-Levels [principais executivos de grandes companhias do agro como Bayer, Syngenta, Basf, Case, Agrivalle, UPL e Helm]. Juntos, eles somam mais de 500 anos de experiências reais e vivências práticas.
A primeira turma terá 50 participantes, que serão previamente submetidos a entrevistas individuais.
As aulas iniciam em março de 2024, acontecem totalmente online e ao vivo, com jornada de 360 horas, divididas em 10 módulos e com duração de 12 meses. As inscrições estão abertas no https://www.grupointegrado.br/posgraduacao/a-distancia/mba-agro360-gestao-inovacao-e-estrategia
Interação com quem decide
“Os conteúdos são 100% aplicáveis à carreira, envolve cases práticos e discussões com os professores para que a aprendizagem seja completamente incorporada à rotina diária”, observa o diretor de Negócios do Grupo Integrado, Rafael Zampar.
O estudante também vai participar de videocasts, poderá assistir gravações específicas quando e onde quiser, terá exclusiva rede de networking com os líderes das grandes empresas do agronegócio e vai escolher se prefere ter mentorias com os professores C-levels ou fazer uma imersão em São Paulo no término do curso; tudo para obter alta performance profissional.
Habilidades raras, desejadas e valiosas
Outro atrativo para cursar a especialização – criada a partir do BeAgro; o primeiro ecossistema de educação, inovação e tecnologia para o agronegócio do Brasil – envolve a questão financeira. Existem vagas no agronegócio que pagam salários de até R$ 25 mil no interior do Brasil, mas faltam candidatos aptos.
Segundo Ivan Moreno, CEO da Orbia – maior marketplace do agro no Brasil e ex-diretor da Bayer – o profissional que o agronegócio busca precisa dominar os pilares de gestão, finanças, liderança de pessoas, inovação, processos e tecnologia.
“Esse MBA é inovador porque une o conhecimento acadêmico e a aplicação prática dos professores executivos. Isso vai complementar as habilidades que o mercado exige e está difícil de encontrar. A possibilidade de aprender com erros já cometidos será outro diferencial”, observa.
Sobre o Centro Universitário Integrado
Localizado em Campo Mourão (PR), o Centro Universitário Integrado oferece, há mais de 25 anos, ensino superior de excelência reconhecido pelo MEC com nota máxima (5) no Conceito Institucional. Preocupado com o que o mercado necessita, busca ofertar um ensino de qualidade voltado às competências que precisam ser desenvolvidas por todos os profissionais.
Para isso, conta com infraestrutura moderna, laboratórios com tecnologia de ponta, metodologias de ensino inovadoras e corpo docente com forte experiência acadêmica e vivência prática.
Atualmente, o Integrado oferece mais de 55 cursos de graduação presencial, semipresencial e a distância, incluindo Direito, Medicina e Odontologia e mais de 100 cursos de pós-graduação em diversas áreas do conhecimento.
Tasabendo Comunicação Virtual Ltda | © Copyright 2010-2024 | Todos os direitos reservados

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.