Localização Atual

Siga o Suno Notícias nas redes:
Notícias Negócios Banco do Brasil (BBAS3) é afetado por aumento do risco no agronegócio? Entenda
Em novo relatório após encontro com gerentes de RI do Banco do Brasil (BBAS3), especialistas do Safra levantaram novas discussões sobre a tese da companhia.
https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/03/1420x240-Banner-Home-1-4.png
Segundo a casa, dentre os temas principais estavam o aumento da percepção de risco do agronegócio e como isso pode afetar o Banco do Brasil.
“Os fluxos de notícias da mídia precisam ser cuidadosamente analisados. Na verdade, tem havido um aumento no risco do agronegócio, mas na verdade vem do nível mais baixo de inadimplência de todos os tempos devido às robustas colheitas passadas”, explica o Safra.
“Há também uma concentração significativa de empréstimos agrícolas em alguns novos veículos e players, como a Fiagros, mas o Banco do Brasil tem um forte histórico de relacionamento com clientes e diversificação geográfica e de culturas (soja, milho, algodão, etc)”, completa.
A visão do banco, nesse sentido, é de que existe um cenário claro de normalização dos créditos não performados (non-performing loan, ou NPL, na sigla em inglês) em 2024.
“Além disso, o BBAS3 não vê piora estrutural na relação cliente/credor devido a mudanças na legislação, principalmente porque os critérios de elegibilidade para acesso aos recursos do próximo plano safra vão estar em dia com todas as obrigações do empréstimo rural”, observa o Safra.
https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/03/1420x240-Banner-Materias-3.png
Outro tema que foi amplamente discutido, segundo o Safra, foram as partes móveis do crescimento da margem financeira implícitas no guidance.
“Os investidores expressaram preocupação com o aumento da receita líquida de juros para atingir o ponto médio do guidance, dados alguns obstáculos, como contribuições mais baixas da margem e das margens de depósito do Banco Patagonia, o que está alinhado com a nossa visão”, observa o Safra.
Segundo a casa, a explicação do Banco do Brasil para esse fenômeno gira em torno de três pontos:
Confira a variação dos papéis do Banco do Brasil (BBAS3):
Cotação BBAS3
https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/03/1420x240-Controle-de-Investimentos.png
Jornalista formado pela UFSC, cobre macroeconomia, negócios e startups para o Suno Notícias, escrevendo principalmente notícias sobre o mercado financeiro e a bolsa de valores. No YouTube e no Instagram, é responsável pela produção de Reels e Shorts do Suno Notícias. Anteriormente, trabalhou cobrindo economia e cotidiano no ND+ e para o ND, maior jornal impresso de Santa Catarina. Cursou um semestre letivo de Estudos de Mídia na Universidad de Buenos Aires.
Notícias Relacionadas
Compartilhe sua opinião
https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/400x300-Mobile-Artigos-7.png
Últimos Dividendos
https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/03/400x300-Banner-Materias-3-1.png
Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 Torre D, 23º Andar, São Paulo – SP, 04543-011
Copyright 2024 © Suno Research

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.