Localização Atual


Metropóles
atualizado
A AgroBrasília completa 15 anos em 2024. A edição da maior feira de agronegócio do Planalto Central começa na próxima terça-feira (21/5) e vai até sábado (25/5), no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, na região do Programa de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF), na BR-251.
Considerada como o principal evento do segmento agro do Centro-Oeste, a AgroBrasília é organizada pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa-DF). A feira é uma oportunidade única para realizar negócios e ter acesso às inovações tecnológicas do agronegócio.
O tema escolhido para nortear esta edição comemorativa foi o Agro do Futuro a Gente Cultiva Hoje.
Presidente da AgroBrasília e da Coopa-DF, José Guilherme Brenner, celebra o marco importante na história da Feira e, nesta sexta-feira (17/5), durante coletiva de imprensa, deu um pequeno spoiler das novidades neste ano.
“A AgroBrasília já se tornou uma das feiras mais importantes de agronegócio do país e, todo ano, a gente procura trazer uma coisa nova, diferente, ver as novidades dos expositores. Teremos, inclusive, uma área experimental com o Grupo Associado de Agricultura Sustentável (GAAS), que traz mais sustentabilidade, uma agricultura regenerativa, além do pavilhão de inovação, uma parceria da FAP-DF com a Solubio, com muitas tecnologia e startups da área”, destacou o presidente.
“O objetivo final da feira é proporcionar aos agricultores conhecimento, oportunidade de negócio e apresentar novos insumos e tecnologias para melhorar a vida dele”, acrescentou Brenner.
Ano a ano, a AgroBrasília tem se superado. Palestras, workshops, automóveis, insumos, sementes, máquinas, pecuária, ILPF, artesanato, tecnologia. Não importa o segmento, a feira tem promovido a tecnologia e a sustentabilidade para o produtor rural.
Na sua última edição, todas as expectativas foram superadas. Ao todo, compareceram 562 expositores e 175 mil visitantes, o que proporcionou a geração de R$4 bilhões e 800 milhões em negócios.
Neste ano, o número de expositores aumentou para 592. “A expectativa de crescimento nos negócios é grande. Os equipamentos diminuíram de preço e isso pode impactar um pouco no número final”, antecipou o presidente da Coopa-DF.
A previsão da organização da feira neste ano, é a visitação de mais 175 mil pessoas nos cinco dias de evento.
Outra novidade da 15ª edição é o ingresso solidário. O valor arrecadado com a campanha será doado aos agricultores do Rio Grande do Sul (RS). “A feira é gratuita. O nosso interesse é que a entrada não seja um limitante, mas quem quiser fazer uma doação, vamos disponibilizar QR Code na entrada da feira para doar aos cooperados do Rio Grande do Sul, o valor arrecadado com o ingresso solidário. Queremos ajudar esses produtores rurais que foram muito prejudicados com as enchentes na região”, salientou Brenner.
Veja:
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Breno Esaki/Metrópoles (@BrenoEsakiFoto)
Haverá também um ponto de doação na administração da AgroBrasília para que os visitantes possam depositar alimentos não perecíveis, cobertores, agasalhos, água, entre outros itens.
O evento ocorre entre a próxima terça-feira até sábado, das 8h30 às 17h, no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, na BR-251.
A área total da AgroBrasília é de 70 hectares. Destes, 3 hectares serão ocupados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do DF (Emater-DF) com oito circuitos tecnológicos e temáticos da fruticultura, floricultura, olericultura, avicultura, aquicultura, bovinocultura, tecnologias sociais e agroindústria, onde todos eles vão apresentar uma tecnologia destacada.
De acordo com o presidente da Emater-DF, Cleison Duval, a implantação de agroindústrias nas propriedades de agricultura familiar é uma alternativa possível para agregar valor aos produtos rurais.
Noventa técnicos da Emater-DF estarão disponíveis nos cinco dias de programação para atendimento ao público.
“Esperamos receber 4 mil agricultores familiares para que estes pequenos produtores possam conhecer as tecnologias que estão à disposição. O objetivo é fechar o ciclo. Para que ele venha e veja do início ao fim. Com a agroindustrializacão ele vai conhecer desde o plantio, ao funcionamento do sistema de irrigação e a criação até o produto final. A oportunidade é para que vejam funcionando e levem para as suas propriedades”, explicou.
A AgroBrasília se tornou a maior feira de agronegócio do Centro-Oeste. A região é composta pelos estados do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Minas Gerais.
O Parque Tecnológico Ivaldo Cenci está estrategicamente localizado entre importantes municípios, cujos PIB agropecuários estão entre os cinquenta maiores do Brasil, como Unaí (MG), Paracatu (MG), Brasília (DF) e Cristalina (GO) que, somados, resultam em mais de R$ 1,5 bilhão.
Outra estatística que merece destaque é que a região possui mais de 1 milhão de hectares cultivados com alta tecnologia. Dessa área, 240 mil hectares são irrigados, sendo a maior concentração de área irrigada da América Latina.
Hoje, 25% do PIB brasileiro vem do agronegócio (que engloba agropecuária, agroindústria, insumos, distribuição e outros serviços).
De acordo com estatísticas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), em colaboração com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a população ocupada no agronegócio brasileiro somava 28,5 milhões de pessoas no 3º trimestre de 2023.
No quesito exportações, o Brasil abriu 76 novos mercados para o agronegócio em 2023, registrando um recorde de US$139,58 bilhões em dez meses. As informações são do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), por intermédio da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI).
Os novos acordos comerciais foram realizados com 38 países das Américas, Ásia, com destaque para o México, a China e o Chile.
As aberturas de mercados abrangem uma ampla variedade de produtos, incluindo carnes, grãos, frutas, vegetais, sementes e produtos florestais.
Data: 21 a 25 de maio de 2024
Horário: 8h30 às 18h
Local: Parque Tecnológico Ivaldo Cenci – AgroBrasília, BR 251, km5 – PAD-DF
Entrada gratuita
Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.
Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.
Faça uma denúncia ou sugira uma reportagem sobre o Distrito Federal por meio do WhatsApp do Metrópoles DF: (61) 9119-8884.
Todos os direitos reservados
Quais assuntos você deseja receber?
Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:
1.
Mais opções no Google Chrome
2.
Configurações
3.
Configurações do site
4.
Notificações
5.
Os sites podem pedir para enviar notificações
Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.