Localização Atual

O Google começou o bloqueio de cookies de sites terceiros em janeiro deste ano e pretende implementar a medida para todos os usuários no terceiro semestre. Com a extinção no navegador, os sites terão que se adaptar para atrair a atenção do consumidor e alguns setores serão mais impactados que outros, tendo que incorporar novas ferramentas. Um deles é o agronegócio.
Leia mais:
Um dos desafios das empresas será se adaptar para lidar com um ambiente “cookieless”, principalmente no que diz respeito ao marketing digital e à jornada digital dos usuários.
Segundo um estudo da agência de marketing digital Macfor, é necessário listar tendências para 2024 que lidem com a atuação das companhias em meios diversos, como a incorporação de inteligência artificial (IA) e análise de dados.
Com a eliminação progressiva dos cookies de terceiros, as organizações estão sendo forçadas a repensarem suas estratégias de coleta e análise de dados para manter resultados gerados a partir do rastreamento de usuários e a personalização de conteúdo
Um dos grandes impactados nisso é o agronegócio.
Para Diogo Luchiari, sócio e Chief Marketing Officer da Macfor, o agronegócio será um dos setores mais impactos pela revolução industrial. Isso porque a área está passando por uma revolução digital, que vai desde a produção até a comercialização.
No caso das empresas do agronegócio, Luchiari destaca o foco na segmentação e nas soluções personalizadas, algo que precisará incorporar análise de dados. A Macfor aposta no desenvolvimento dessas ferramentas, incluindo também a IA.
O estudo completo está disponível neste link.
Vitoria Lopes Gomez é redator(a) no Olhar Digital
Lucas Soares é jornalista formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e atualmente é editor de ciência e espaço do Olhar Digital.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.