Localização Atual

Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.
Boa noite, Segunda Feira 20 de Maio de 2024
MENU
Mato Grosso registrou 919 homicídios no ano passado
Geral | 20 de Maio de 2024 as 07h 44min
Fonte: O documento

Se por um lado o eixo da BR-163, a partir de Nova Mutum até a divisa com Pará é conhecido pela potência econômica do agronegócio pela produção de grãos, o Anuário Estatístico da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) de 2023 aponta que as cidades do eixo também são campeãs em números negativos também: a liderança nos índices de assassinatos.
Mato Grosso registrou 919 homicídios no ano passado. Se for levar em conta cada morte violenta pela quantidade proporcional de habitantes, a Região Integrada de Segurança Pública (RISP) de Guarantã do Norte lidera com 53,09 mortes a cada 100 mil habitantes. Dentre as cinco com maiores índices, também figura a RISP de Nova Mutum com 39,48 mortes a cada 100 mil e a de Sinop com 38,54. Juntas, essas três regiões representam 31 municípios.
Para se ter uma ideia da escalada da violência na região produtora de grãos, a RISP de Cuiabá, que congrega além da capital, os municípios de Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Santo Antônio do Leverger, teve a menor taxa de assassinatos: 9,58 a cada grupo de 100 mil habitantes.
Na comparação com 2022, houve apenas 4 mortes a menos no Estado, quando em 2022 a Sesp registrou 923 assassinatos. Na média, a taxa de homicídios em Mato Grosso é de 25,9 mortes a cada 100 mil habitantes.
A maioria dos assassinatos aconteceram entre 18h e meia-noite. A média é de dois homicídios por dia em Mato Grosso. A maioria das mortes são no domingo, mas se levar em conta a partir de sexta-feira, cerca de 50% das vítimas morreram entre sexta e domingo.
Em 88% dos casos, as vítimas são homens, 11% são mulheres e os demais casos o sexo da vítima não foi informado no boletim de ocorrência. A Sesp também faz distinção entre casos em que as mulheres foram assassinadas pela condição de serem mulheres (feminicídios) dos assassinatos que as vítimas são mulheres, mas que a motivação tenha sido retaliação de facção, dívidas com drogas e outros motivos.
Também foi apontado que 48% das vítimas de assassinato tinham entre 30 e 64 anos.
A reportagem de O Documento encaminhou há uma semana uma série de perguntas para a assessoria da Sesp sobre os motivos da explosão de crimes nas regiões do agro, contudo, não recebeu respostas aos questionamentos.

Nesta terça-feira (23), a ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres), veio até Sinop para ouvir sugestões sobre a concessão da BR-163. Mas os representantes do povo ignoraram a agenda.  Nenhum vereador …
Dois pré-candidatos que haviam se aninhado no PL – em busca de integrar o mesmo grupo político do ex-presidente Jair Bolsonaro – deixaram a sigla após o ingresso do atual prefeito Roberto Dorner. O vice-prefeito Dalto…
O ex-presidente da República, Jair Bolsonaro, retorna mais uma vez para Mato Grosso – Estado onde tem alta aprovação e um grande número de apoiadores. Bolsonaro chegou na manhã desta segunda-feira no aeroporto…
O bebê de cinco meses foi encontrado desacordado por uma das funcionárias, disse delegado
Ele terá que usar tornozeleira eletrônica e cumprir outras obrigações impostas pela Justiça
O objetivo da medida é evitar o desabastecimento no Rio Grande do Sul, após as fortes chuvas que afetaram o Estado
Ele enviou mensagens pervertidas à amante poucos dias antes da cerimônia
Vítima morreu no local
A mulher, identificada como Kawara Welch, era paciente do médico e, em 2019, teria começado a persegui-lo
Pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) levou em consideração os desastres registrados de 2013 a 2023
Nas Principais Redes Sociais
Copyright © 2024 GC Notícias.
Todos os direitos reservados

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.