Localização Atual


Metropóles
atualizado
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, nesta segunda-feira (1º/7), que o agronegócio brasileiro não deveria “ter medo” das ocupações dos sem-terra, pois “quem toma as terras deles hoje são os bancos”. A declaração ocorreu durante entrevista à Rádio Princesa, em Feira de Santana (BA).
“Vi o companheiro [Carlos] Fávaro (ministro da Agricultura e Pecuária) dizer uma coisa: ‘O agronegócio não deveria ter medo das ocupações dos sem terra, quem toma terra deles hoje são os bancos que compram título da dívida agrária deles’”, disse o petista.
Nas palavras do presidente, os bancos vão para cima dos produtores para receber ou tomar a terra. E que movimentos, como o MST, já não atuam ocupando propriedades pelo país.
“Faz tempo que os sem-terras não invadem terra nesse país. Eles fizeram uma opção de se transformar em pequenos produtores altamente produtivos, é o maior produtor de arroz orgânico da América Latina e colocar alimento saudável na mesa do trabalhador”, completou.
De acordo com o presidente da República, a população optou por uma reforma agrária “pacífica” e “tranquila”, e, ainda segundo o petista, por isso o “agronegócio está bombando hoje”.
Vale lembrar que o governo federal vai lançar, nesta quarta-feira (3/7), o Plano Safra 2024/2025 e a versão do programa dedicada à agricultura familiar.
“O agronegócio é responsável por grande parte da riqueza do país e é importante que continue assim. Brasil tem potencial agrícola extraordinário”, finalizou.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.
Todos os direitos reservados
Quais assuntos você deseja receber?
Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:
1.
Mais opções no Google Chrome
2.
Configurações
3.
Configurações do site
4.
Notificações
5.
Os sites podem pedir para enviar notificações
Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.