Localização Atual


Lista foi divulgada pelo Ministério da Agricultura na sexta-feira (28). Segundo o órgão, lotes contêm impurezas, como paus e cascas; matérias estranhas, como areia e pedras; e elementos estranhos, como corantes e açúcar. Mapa divulga lista de marcas e lotes de café torrado impróprios para consumo
Ministério da Agricultura
O Ministério da Agricultura divulgou, na sexta-feira (28), uma lista de lotes de marcas de café torrado que foram considerados impróprios para consumo, após análise do Departamento de Inspeção do órgão (veja abaixo).
Segundo o governo, os produtos foram desclassificados após o Ministério detectar a presença de matérias e elementos estranhos e impurezas acima dos limites permitidos pela legislação vigente, a Portaria nº 570.
Segundo essa legislação:
as matérias estranhas são grãos ou sementes de outras espécies vegetais, além de areia, pedras, torrões e outras sujeiras;
os elementos estranhos são grãos ou sementes de outros gêneros, corantes, açúcar, caramelo e borra de café solúvel ou de infusão;
as impurezas são cascas, paus e outros detritos provenientes do próprio pé de café.
Os produtos deverão ser recolhidos pelas empresas responsáveis. O alerta do Ministério faz parte da Operação Valoriza, que contou com ações de fiscalização em todo o país, entre os dias 18 e 28 de março de 2024, quando 168 amostras de café foram coletadas.

Posicionamento das empresas
O g1 entrou em contato com as marcas de café.
A Casão confirmou que houve, de fato, um problema com o lote 90. “Fizemos o recolhimento e mandamos para o Ministério da Agricultura toda a documentação exigida, inclusive o laudo dos novos café”, disse a empresa.
Representantes da Lagobom e Paranaense também informaram que os lotes indicados pelo governo “foram recolhidos imediatamente”.
A reportagem não conseguiu contato com as seguintes marcas: Bule Nobre, Córrego do Ouro, Sansão, Café Castro, Meu Café, Ouro de Minas, Aroma Premium, Sultão e Aladdin.
🤔 O que fazer caso tenha adquirido algum produto? A orientação do Ministério é deixar de consumi-los, e solicitar a substituição nos moldes determinado pelo Código de Defesa do Consumidor.
E, caso encontrem alguma dessas marcas sendo comercializadas, a orientação é que seja comunicado imediatamente pelo canal oficial Fala.BR.
De onde vem o que eu bebo: o café especial que faz o Brasil ser premiado no exterior
source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.