Localização Atual


Abre hoje a venda de 17% das ações para investidores, incluindo pessoas físicas. Oferta pode captar cerca de R$ 16,5 bilhões. Governo de SP vai manter 18% das ações da Sabesp após privatização
As reservas das ações de privatização da Sabesp estão abertas a partir desta segunda-feira (1°). Os papéis podem ser comprados por investidores aptos a operar no mercado de ações, incluindo pessoas físicas via corretora.
✅ Clique aqui para se inscrever no canal do g1 SP no WhatsApp
As ações da empresa de saneamento estão nas mãos do estado de São Paulo e irão oficialmente a mercado somente em 19 de julho. Serão vendidas até 220,5 milhões de ações. O governo paulista ainda terá participação na empresa, de 18% a 22%, a depender da demanda do mercado.
Na última sexta (28), o grupo Equatorial Participação e Investimentos venceu a primeira etapa da venda de ações da Sabesp na bolsa de valores brasileira (B3) .
O investidor de referência ficou com 15% das ações. A companhia foi a única interessada em exercer esse papel na privatização e está impedida de vender suas ações até 2030.
Até sexta (21), o governo de São Paulo detinha 50,3% das ações da Sabesp. Com o processo de privatização, o poder público ficará com 18% dos papéis da empresa.
Após a venda da companhia, o governo ainda terá poder de veto em algumas decisões.
Privatização
Caixas de tratamento de água da Sabesp no estado de São Paulo.
Divulgação/Sabesp
O projeto que autorizou a privatização da Sabesp foi aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo em dezembro de 2023. Na capital, a privatização foi aprovada na Câmara Municipal em 2 de maio deste ano.
Atualmente, metade das ações da empresa está sob controle privado, sendo que parte é negociada na B3 e parte na Bolsa de Valores de Nova York, nos Estados Unidos.
Em 2022, a empresa registrou um lucro de R$ 3,1 bilhões. Desse montante, 25% foram revertidos como dividendos aos acionistas e R$ 2,4 bilhões destinados a investimentos.
Atendendo 375 municípios com 28 milhões de clientes, o valor de mercado da empresa chegou, em 2022, a R$ 39,1 bilhões.
VÍDEOS: mais assistidos do g1
source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.