Localização Atual


VEJA Mercado | 03 de julho de 2024.
“Nós estamos dialogando com o Congresso Nacional para mostrar que a tributação de Fiagros tiraria dinheiro privado de financiamento para o agronegócio”, disse Octaciano Neto, diretor de agro da Suno, durante o programa VEJA Mercado desta quarta-feira, 03. 
O governo estuda a possibilidade de tributar os Fundo de Investimento em Cadeias Agroindustriais (Fiagros) e os Fundos de Investimento Imobiliário (FII), atualmente isentos de impostos. Segundo informações do Valor Econômico, a receita desses fundos seria taxada com o CBS e IBS − os dois tributos criados na reforma tributária para substituir PIS/Cofins, IPI, ICMS e ISS. Com a taxação, a rentabilidade dos cotistas poderia diminuir entre 10% e 20%. 
Criados em 2021, os Fiagros buscam captar recursos de cotistas para investir em ativos relacionados ao agronegócio, como imóveis rurais, participações em empresas do setor e direitos creditórios. Seu funcionamento é semelhante ao dos Fundos Imobiliários (FIIs), com distribuição periódica de dividendos aos cotistas. 
“A existência dos Fiagro ajuda o governo porque tira pressão do Plano Safra. Eles atraem dinheiro privado para não precisar de financiamento público”, disse Neto, que está em Brasília para acompanhar as discussões sobre a tributação.
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançará nesta quarta-feira o Plano Safra para o ciclo de produção de 2024/2025. O programa de subsídio de crédito contará, este ano, com um pacote de financiamento de 475,5 bilhões de reais, um montante recorde para o programa. Ele será dividido em dois: o Plano Safra empresarial, focado em grandes produtores e com R$ 400,6 bilhões em crédito, e o Plano Safra da agricultura familiar, para pequenos e médios produtores, com R$ 74,98 bilhões em crédito.
Ouça o VEJA Mercado também pelo Spotify

Oferecimento de JHSF
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Leia também no GoRead
Abril Comunicações S.A., CNPJ 44.597.052/0001-62 – Todos os direitos reservados.
Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login
Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
MELHOR
OFERTA
Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*
a partir de 9,90/mês*
Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês
*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.
Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.