Localização Atual

Acesse seus artigos salvos em
Minha Folha, sua área personalizada
Acesse os artigos do assunto seguido na
Minha Folha, sua área personalizada

benefício do assinante
Você tem 7 acessos por dia para dar de presente. Qualquer pessoa que não é assinante poderá ler.
benefício do assinante
Assinantes podem liberar 7 acessos por dia para conteúdos da Folha.
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Gostaria de receber as principais notícias
do Brasil e do mundo?
benefício do assinante
Você tem 7 acessos por dia para dar de presente. Qualquer pessoa que não é assinante poderá ler.
benefício do assinante
Assinantes podem liberar 7 acessos por dia para conteúdos da Folha.
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
O Porto do Açu está reforçando a aposta no agronegócio como parte do plano de expansão de suas atividades no norte do estado do Rio de Janeiro.
Nesta quinta-feira (4), o empreendimento, administrado pela Prumo Logística, inaugurou uma área destinada à armazenagem de grãos (soja e milho).
São dois novos galpões de 6.400 metros quadrados cada. A obra faz parte de um investimento de cerca de R$ 100 milhões de uma das empresas que operam no complexo, a Minas Port.
“A gente já fez embarques de grãos no ano passado, tanto de soja quanto de milho, sem ter essa estrutura pronta. Isso aqui é um passo no processo de ter uma estrutura dedicada a aumentar eficiência e volume na cadeia específica dos grãos”, disse o CEO do Porto do Açu, Eugenio Figueiredo, em entrevista a jornalistas.
Segundo ele, o complexo também planeja a criação de um terminal dedicado à movimentação de itens como soja e milho. Atualmente, o processo ocorre no terminal multicargas do porto. As origens dos grãos são os estados de Goiás e Minas Gerais.
“Nesta potencial expansão, o próximo passo é ter um berço dedicado para o carregamento de soja, de grãos. Hoje temos os mesmos berços para o carregamento de várias cargas”, afirmou o executivo.
Inaugurado em 2014, o Açu é considerado o segundo maior porto em movimentação de cargas no Brasil, atrás de Santos (SP). Está localizado no município fluminense de São João da Barra (a 320 km da capital do estado). A cidade tem 36,6 mil habitantes.
Para ampliar a movimentação de grãos, o porto tem pelo menos um desafio: destravar o projeto da ferrovia EF-118, conhecida como Vitória-Rio. As discussões para a realização da obra, entre os estados do Espírito Santo e do Rio, arrastam-se ao longo da trajetória do Açu.
A ferrovia é considerada essencial para ampliar o acesso ao complexo e a capacidade de transporte de mercadorias como grãos. A análise sobre a EF-118 está inclusa no Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
O CEO da Prumo, Rogério Zampronha, afirmou que o Açu, por ser um empreendimento privado, tem processos mais rápidos, o que contribuiria para reduzir o tempo de espera de navios. Ele também disse que a localização do porto, afastada de grandes centros urbanos, ajuda o tráfego de caminhões.
“Se você somar isso com uma série de outras coisas, não é por acidente que finalmente o Rio de Janeiro entra no mapa do agronegócio brasileiro”, declarou.
“Não é só entrar para morder um pedacinho. É entrar para realmente ser um ator importante através da atuação nossa aqui no Porto do Açu.”
O complexo completa dez anos de operações em outubro. Elaborado pelo empresário Eike Batista, o empreendimento teve como plano inicial se tornar um polo industrial baseado no minério de ferro.
O projeto, contudo, passou por dificuldades com a derrocada do império econômico de Eike. Após uma reorganização societária que culminou na criação da Prumo, o porto reforçou a aposta no setor de petróleo e agora também mira em áreas como o agronegócio.
No ano passado, o Açu movimentou um total de 84,6 milhões de toneladas de cargas, o que significa uma alta de 27% ante 2022. O complexo afirma que, de 2015 a 2023, cresceu em média 32% ao ano. Petróleo e minério de ferro puxam as atividades.
O Açu conta com 11 terminais privados, e as operações diárias geram em torno de 7.000 empregos, segundo os responsáveis pelo projeto.
Para se ter uma ideia, do total de 5.570 municípios brasileiros, 1.917 (34,4%) têm menos de 7.000 moradores, de acordo com dados do Censo Demográfico 2022.
Receba no seu email o que de mais importante acontece na economia; aberta para não assinantes.
Carregando…
Nos dois galpões de armazenagem da Minas Port inaugurados nesta quinta, a capacidade de estocagem de grãos fica em torno de 70 mil toneladas. O CEO da empresa, Marcelo Marra, estimou que esse volume seria capaz de carregar 2.000 caminhões do tipo rodotrem.
Marra também anunciou a construção no porto de uma misturadora de fertilizantes da Minas Port. O investimento estimado é de R$ 200 milhões. A inauguração está prevista para o segundo semestre do próximo ano.
A Minas Port iniciou suas atividades voltada para o setor siderúrgico e, com o passar do tempo, diversificou as operações, incluindo agora projetos direcionados para o agronegócio. A companhia paga aluguel ao porto pelo uso das áreas.
O Açu abrange uma área de 130 km quadrados. Desse total, 40 km quadrados contemplam uma reserva ambiental, a Caruara.
A área de proteção também está sob responsabilidade do porto e já recebeu em torno de 30 mil pessoas, principalmente estudantes, em um ano e meio de abertura para visitação.
“O que falta ao Porto do Açu: a ferrovia”, disse Caio Cunha, gerente de relações portuárias e da reserva Caruara. “Um terminal de grãos com uma ferrovia vai se tornar uma potência gigantesca.”
O porto também tem planos de desenvolver um hub de energia. Em junho, por exemplo, a Eletrobras e a Prumo assinaram um memorando de entendimento para produção de hidrogênio verde e derivados no complexo do norte fluminense.
A iniciativa deve envolver a instalação de uma planta-piloto e estudos para projetos de maior escala. A Prumo é controlada pelo grupo americano EIG.
O jornalista viajou a convite do Porto do Açu
benefício do assinante
Você tem 7 acessos por dia para dar de presente. Qualquer pessoa que não é assinante poderá ler.
benefício do assinante
Assinantes podem liberar 7 acessos por dia para conteúdos da Folha.
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Leia tudo sobre o tema e siga:
Você já conhece as vantagens de ser assinante da Folha? Além de ter acesso a reportagens e colunas, você conta com newsletters exclusivas (conheça aqui). Também pode baixar nosso aplicativo gratuito na Apple Store ou na Google Play para receber alertas das principais notícias do dia. A sua assinatura nos ajuda a fazer um jornalismo independente e de qualidade. Obrigado!
Mais de 180 reportagens e análises publicadas a cada dia. Um time com mais de 200 colunistas e blogueiros. Um jornalismo profissional que fiscaliza o poder público, veicula notícias proveitosas e inspiradoras, faz contraponto à intolerância das redes sociais e traça uma linha clara entre verdade e mentira. Quanto custa ajudar a produzir esse conteúdo?
Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 2ª a 6ª pela manhã, receba o boletim gratuito com notícias e análises de economia
Carregando…
De 2ª a 6ª pela manhã, receba o boletim gratuito com notícias e análises de economia
Carregando…
Mudanças climáticas aceleram a transição energética
Fórum do Desenvolvimento discute Reforma Tributária e Reformas Econômicas
União entre arte, cultura e educação acelera a transformação social
Principal aeroporto do país investe em obras de modernização e de acesso
Viajar é bom. Viajar bem muda nossa vida
Como o helicóptero mudou (para melhor) a vida de 4 personalidades
Descontos e cashback reforçam benefícios de seguros
Podcast discute o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes; escute
Sempre inovando, Shopping Eldorado é referência em lazer e gastronomia
Luta histórica de Anderson Silva inaugura o Spaten Fight Night
Líder em educação a distância, Vitru passa a negociar ações na B3
Especialista explica vantagens da Previdência Privada
Especialista explica vantagens da Previdência Privada
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Governador de São Paulo discursa neste sábado em Santa Catarina durante o dia de abertura da Cpac
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Área de 178 mil hectares busca homologação junto ao Ministério da Justiça desde 2017
Recurso exclusivo para assinantes
assine ou faça login
Em São Paulo e no Rio, mais da metade dos eleitores dizem ainda não saber em quem votar; em Belo Horizonte, percentual chega a 73%
Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.

O jornal Folha de S.Paulo é publicado pela Empresa Folha da Manhã S.A. CNPJ: 60.579.703/0001-48
Copyright Folha de S.Paulo. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folhapress.
Cadastro realizado com sucesso!
Por favor, tente mais tarde!

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.