Localização Atual

Publicados
Por
O Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) terá R$ 6,8 bilhões para estimular o desenvolvimento da cafeicultura brasileira na safra 2024/2025, segundo informação do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).
Os recursos serão distribuídos de forma estratégica para atender às necessidades dos cafeicultores brasileiros: Mais de R$ 1 bilhão serão destinados ao custeio da produção, garantindo os recursos necessários para o manejo das lavouras e a colheita; R$ 30 milhões para a recuperação de cafezais danificados.
Mais de R$ 2 bilhões serão destinados à comercialização, impulsionando a venda da produção para o mercado interno e externo, a preços justos e com rentabilidade para os cafeicultores. Outros R$ 1,6 bilhão serão investidos no financiamento da aquisição do grão, facilitando o acesso dos produtores ao capital necessário para a compra de insumos e equipamentos.
O governo anunciou ainda mais de R$ 1 bilhão em créditos para capital de giro, direcionado às indústrias de café solúvel e torrefação, e às cooperativas de produção, fortalecendo a infraestrutura e a capacidade de processamento do café brasileiro.
Fonte: Pensar Agro

Publicados
em
Por
O primeiro semestre de 2024 foi marcado por um desempenho espetacular das exportações de carne bovina brasileira. Com um total de 1,29 milhão de toneladas embarcadas, o setor alcançou o melhor resultado para o período na história, superando em 27,3% o volume exportado no mesmo período de 2023. Esse recorde histórico se traduz em receita de US$ 5,69 bilhões, um aumento de 17% em relação ao primeiro semestre do ano passado.
A China continua sendo o principal destino da carne bovina brasileira, responsável por 52% das exportações no primeiro semestre. No entanto, o destaque do período ficou por conta do Oriente Médio e Norte da África, que aumentaram suas importações em 91%, alcançando um total de 120 mil toneladas. Esse crescimento expressivo demonstra o grande potencial desse mercado para o agronegócio brasileiro.
Apesar do recorde nas exportações, o preço médio da carne bovina in natura brasileira recuou 11,6% em junho de 2024 em comparação com junho de 2023, alcançando US$ 4.470 por tonelada. Essa queda se deve a diversos fatores, como a oscilação do dólar em relação ao real e a maior oferta no mercado internacional.
Mesmo com essa ligeira retração no preço, o panorama para o setor da carne bovina brasileira segue positivo. A demanda global por proteína continua crescendo, e o Brasil está bem posicionado para atender a essa demanda, graças à sua pujante produção e alta qualidade do produto.
O desempenho excepcional do primeiro semestre abre caminho para um novo recorde anual nas exportações de carne bovina brasileira. Com a demanda internacional em alta e a competitividade do produto brasileiro, as expectativas para o segundo semestre são as melhores possíveis.
Fonte: Pensar Agro
A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados promove nesta terça-feira (9) audiência pública sobre medidas para a prevenção e…
O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados reúne-se nesta terça-feira (9) para ouvir o deputado Tarcísio…
A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que institui um programa de incentivo…
Considerada a maior unidade pública do governo do Pará, o Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS), no Distrito de Icoaraci,…
A ação integrada do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) e a Polícia Militar do Pará (PMPA), no…
Com olhar crítico para os desafios e as oportunidades que os amazônidas vivenciam, foi aberta a 76ª Reunião Anual da…
O Dia Nacional da Conscientização sobre a Dermatite Atópica, a ser celebrado em 23 de setembro, passa a fazer parte…
Foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (8) a Lei 14.917/2024, que traz medidas emergenciais para os setores de…
Os ativos ambientais voltados à proteção da vegetação nativa serão debatidos em audiência pública interativa no Senado na terça-feira (9),…
Léo Roberto, empresário e empreendedor conhecido por suas realizações nos negócios e seu comprometimento com a comunidade, recentemente fechou outra…
Reprodução Serra da Saudade A cidade menos populosa do Brasil, Serra da Saudade, teve atualização no número de habitantes. Segundo…
Os fãs de Simone Mendes, de 40 anos, foram surpreendidos, neste sábado (6), em um show realizado em Goiânia, Goiás….
Preço da açaí dispara e todos perdem com a Equatorial no Marajó
PC desmonta esquema de desvio de dinheiro público em 3 cidades do Marajó
‘Tio de criação’ é preso pela PM acusado de estuprar sobrinha menor no Marajó
Marajó tem 2 cidades entre as 10 maiores produtoras de açaí no Brasil
Equatorial tem até hoje para justificar falta de energia no Marajó; problema em motores causaram racionamento
Equatorial transfere responsabilidade por falta de energia no Marajó e não dá prazo para estabilização
Foragido do Amapá por roubo é recapturado pela Polícia Militar no Marajó
Marajó tem 7 cidades com a pior avaliação junto Tesouro Nacional; veja o ranking

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.