Localização Atual

O PL apresentou destaque para que a inclusão da carne na cesta básica seja feita durante a discussão no plenário; Lira tenta evitar
Representantes do agronegócio, liderados pela FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária), conseguiram incluir 13 pleitos do setor nas negociações para a regulamentação da reforma tributária. O presidente da frente, Pedro Lupion (PP-PR), encontrou-se com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), no início da tarde desta 4ª feira (10.jul.2024).
Lupion tentava incluir a carne na cesta básica. Se conseguisse, a carne ficaria isenta de tributação. Lira, porém, não aceitou. Segundo deputados que fizeram parte das negociações, 13 pleitos do setor foram aceitos. Eis a lista:
O deputado federal Rodolfo Nogueira (PL-MS) apresentou destaque para incluir carne na cesta básica. Não houve acordo com Lira e parte da bancada da oposição e do agro defende que o tema seja levado ao plenário. O deputado alagoano quer levar o texto do PLP 68 de 2024, que trata da unificação de impostos, direto ao plenário e votar sem deixar pendências antes do recesso, que começa em 18 de julho.
A isenção total das carnes ficou de fora do novo relatório do texto principal da regulamentação da reforma tributária. O GT (grupo de trabalho) divulgou novo parecer nesta 4ª feira (10.jul).
Permaneceu a redução de 60% da alíquota cobrada pelo CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) e IBS (Imposto sobre Bens e Serviços). O projeto original, entregue pelo Ministério da Fazenda à Casa em 24 de abril, também estava sem a isenção total.
O trecho é o principal ponto de divergência sobre o texto. Lira convocou uma reunião com o GT quase na madrugada para tentar estabelecer um consenso sobre a proposta.
A isenção total das carnes na tributária é uma demanda da bancada do agronegócio na Câmara.
Há um custo político para o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se a carne for taxada. O presidente fez campanha em 2022 dizendo que a picanha voltaria para a mesa dos pobres. Mais impostos deixariam o produto mais caro.
Falha na validação. Recarregue a página e tente novamente.
Falha na validação. Recarregue a página e tente novamente.
Falha na validação. Recarregue a página e tente novamente.
a) Para receber as informações solicitadas, você nos autoriza a usar o seu nome, endereço de e-mail e/ou telefone e assuntos de interesse (a depender da opção assinalada e do interesse indicado). Independentemente da sua escolha, note que o Poder360 poderá lhe contatar para assuntos regulares.
b) Caso não deseje oferecer o seu consentimento para as divulgações do Poder360, é possível seguir sem receber as informações assinaladas acima. Você poderá, a qualquer momento, se descadastrar de nossos contatos ou revogar o consentimento dado abaixo pelos nossos canais de atendimento.
c) O Poder360 garantirá o exercício de quaisquer direitos e prerrogativas de proteção de dados pessoais em conformidade com a Lei 13.709/2018.
Mais informações, leia nossa Política de Privacidade.
O Poder360 enviou um e-mail para você confirmar a inscrição. Clique no link enviado para o seu e-mail para concluir o cadastro.
Não chegou ainda? Dê uma olhada na caixa de spam se a mensagem não tiver aparecido em alguns minutos.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.