Localização Atual

O ano de 2024 traz novidades positivas para o Brasil. Inaugurado hoje (13), o Complexo Mineroindustrial de Serra de Salitre da EuroChem, localizado em Minas Gerais, será responsável por produzir cerca de um milhão de toneladas de fertilizantes fosfatados por ano – o equivalente a 15% da produção nacional deste insumo.
A segunda e última fase da construção, finalizada recentemente, consistiu na implantação de plantas químicas de ácido sulfúrico e de ácido fosfórico e no comissionamento das instalações. A unidade de mineração está em operação desde 2019.
Fortalecendo a competitividade do agronegócio brasileiro, a planta ajudará o país a reduzir a dependência dos fertilizantes importados. Segundo a Associação Nacional para Difusão de Adubos (ANDA), em 2022, a quantidade de fertilizantes no mercado nacional somou 37,72 milhões de toneladas, 11,3% menos que no mesmo período de 2021, sendo que 86% desse volume foi importado. Os dados foram apresentados no ano passado.

““Trata-se de um ativo extremamente estratégico pois transforma a EuroChem em um player importante na produção de fertilizantes no Brasil e na América do Sul. Estamos alinhados com o Plano Nacional de Fertilizantes, contribuiremos com o fortalecimento da competitividade do setor e, consequentemente, com a soberania alimentar do país.”” Gustavo Horbach, diretor-presidente da EuroChem na América do Sul

““Trata-se de um ativo extremamente estratégico pois transforma a EuroChem em um player importante na produção de fertilizantes no Brasil e na América do Sul. Estamos alinhados com o Plano Nacional de Fertilizantes, contribuiremos com o fortalecimento da competitividade do setor e, consequentemente, com a soberania alimentar do país.”” Gustavo Horbach, diretor-presidente da EuroChem na América do Sul

(foto: )

Horbach também ressalta que a EuroChem aportou investimentos robustos e alocou os melhores recursos para concluir o projeto dentro do menor tempo possível, e, sobretudo, sem renunciar à segurança, um valor inegociável para a companhia.
A primeira unidade de mineração do grupo suíço EuroChem fora do continente europeu integrará, também, atividades de produção, logística e distribuição de fertilizantes fosfatados. A contratação de mão de obra segue em ritmo acelerado e a expectativa é que mais de 1,5 mil trabalhadores atuem direta e indiretamente na operação da planta industrial.
Para a viabilização do Complexo Mineroindustrial de Serra de Salitre, foram investidos mais de US$ 1 bilhão de dólares na fábrica. Desde julho de 2022, quando a EuroChem adquiriu o ativo, foram 18 meses para o término da obra. Além do curto tempo, a implementação seguiu em segurança. Foram mais de 10 milhões de horas trabalhadas sem acidentes com afastamentos.

” “A atenção aos detalhes, o conhecimento técnico e metodologia para identificar potenciais problemas, antes que eles ocorram, é o que nos permite celebrar este marco.”” Leonardo Lima, coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Projeto Salitre

” “A atenção aos detalhes, o conhecimento técnico e metodologia para identificar potenciais problemas, antes que eles ocorram, é o que nos permite celebrar este marco.”” Leonardo Lima, coordenador de Saúde, Segurança e Meio Ambiente do Projeto Salitre

(foto: )

Uma publicação compartilhada por EuroChem Brasil (@eurochembrasil)

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.