Localização Atual

Produtor rural Roberto Dagostin relata perdas irreparáveis e apela por apoio do governo após desastre natural.
Em uma entrevista emocionante à Rádio Araranguá, no programa A Força do Campo, o produtor rural Roberto Dagostin, nascido em Turvo e morador e rizicultor em Restinga Seca/RS, compartilhou o impacto avassalador da maior enchente já registrada na história do Rio Grande.
“Nossa situação é muito ruim. Está uma verdadeira catástrofe, estando tudo debaixo da água. Parece que estamos vivendo um dia filme de terror. Nossa área abrange 500 hectares de arroz, em Restinga Seca, e tenho mais uma área com 200 hectares em Cachoeira. O que aconteceu aqui ninguém esperava”, desabafou o produtor.
Ele prosseguiu, detalhando as consequências desastrosas para a agricultura gaúcha. “Todo o Estado se encontra muito abalado. Na área da Restinga, estava apenas com 12% da plantação colhida. O mês de abril foi um pouco complicado, além disso, havíamos plantado um pouco fora de tempo. Já na área da Cachoeira, colhemos apenas 15%, algo na mesma faixa. O resto está tudo embaixo da água. Infelizmente, acredito que vamos perder todo o restante da colheita”.
Dagostin também compartilhou relatos de perdas significativas na comunidade de Cachoeira, onde a água chegou a ultrapassar os maquinários. “Agradecemos a Deus por estar vivo e ninguém ter se machucado. Iremos recorrer ao governo, o que é mais difícil, porque não vemos chegar as linhas de crédito aos agricultores. Temos muitas pessoas com suas plantações debaixo da água”, acrescentou ele.
Foto: Evandro Gomes Roque da Silva, Globo Rural

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.