Localização Atual

Nesta sexta-feira, o ex-CEO da rede de lojas Miguel Gutierrez foi preso em Madrid, na Espanha, uma operação que contou com cooperação internacional entre PF e Interpol. O diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, disse que há a possibilidade de o executivo, acusado de realizar fraudes contábeis na rede de lojas que, segundo as investigações, chegaram a R$ 25 bilhões, ser extraditado ao Brasil ou de cumprir pena na Espanha, pois ele tem cidadania espanhola.

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigado!

Recebemos sua mensagem com sucesso e nossa equipe entrará em contato em breve.